Simões Filho: Toque de Recolher segue em vigor e equipes de fiscalização estão nas ruas – Simões Filho Fm
por Redação

Simões Filho: Toque de Recolher segue em vigor e equipes de fiscalização estão nas ruas


  •  
  •  
  •  

 

O toque de recolher, determinado pelo Governo do Estado, entrou em vigor e segue a até a próxima quinta-feira (25), das 22h às 05h da manhã. Para garantir que o decreto seja cumprido, as secretarias da Saúde, Mobilidade Urbana, Ordem Pública e Meio Ambiente realizam a fiscalização e contam com as ações da Guarda Municipal e Polícia Militar (PM).

“Essa operação visa contribuir para a redução da circulação de pessoas e por consequência a redução do número de infectados. Uma parceria entre o Polícia Militar, com o nosso major Alan e a prefeitura, por meio do prefeito Dinha. A gente conta com a população para que cumpram as determinações. Juntos vamos vencer o Coronavírus”, comentou o tenente PM, Antônio José.

O decreto estadual nº 20.233, define que os estabelecimentos comerciais e de serviços encerrem as suas atividades até as 21h30. Já os estabelecimentos comerciais como shoppings, bares e restaurantes e postos de gasolina que vendem bebidas alcoólicas deverão estar fechados e vazios às 22h.

Os veículos de transporte público, ônibus e metrô, poderão circular até às 22h30. As atividades consideradas essenciais, como serviços de saúde e farmácias, serão mantidas, inclusive a entrega de medicamentos por meio de motoboys.

É importante ressaltar que quem descumprir as regras poderá ser preso e irá responder por crime contra a saúde pública. Quem trabalha na madrugada deverá portar documento que comprove para poder circular na rua.

O que não pode funcionar:
A partir das 22h, serviços de delivery estão proibidos para bares e restaurantes, sendo permitidos apenas para farmácias;
Estão proibidas atividades comerciais não essenciais;
Meios de transporte metropolitanos estão proibidos de circular a partir das 22h30;
Lojas de conveniência de postos de gasolina deverão ser fechadas.


  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *